Projetos em destaque // Irrigação

  • Projeto de Irrigação e Drenagem do Vale do Tonosí

    O estudo de Viabilidade e Desenhos Finais do Projeto de Irrigação e Drenagem do Vale do Tonosí não pode ser encarado apenas como a realização de uma única obra, mas como a possibilidade de desenvolvimento integral da região afetada. Além de deter as inundações no vale, situado na província de Los Santos, Panamá, os estudos buscaram também promover a produção de energia, implantar sistemas de abastecimento d'água e saneamento, construir novas possibilidades rurais e, assim, promover o desenvolvimento social das populações e garantir a sustentabilidade futura do empreendimento.

    Responsável pela coordenação geral das atividades desenvolvidas, a Projetec realizou os estudos técnicos e de viabilidade para a realização da etapa final do projeto, cerca de 2.500ha dentro do Vale de Tonosí. Dessa maneira, foi elaborado o diagnóstico da situação sócioagroeconômica atual e dos aspectos físicos da área afetada, além da avaliação ambiental preliminar. Em uma etapa posterior, serão elaborados o plano de desenvolvimento integral e os desenhos preliminares das obras.

  •  

    Projeto Hidroagrícola Michoacán

    A Odebrecht foi contratada pelo Governo de Michoacán, México, para dar solução à escassez hídrica no perímetro hidroagrícola Lázaro Cárdenas. A Projetec realizou estudos hidrológicos para verificar a disponibilidade hídrica de dois rios da região. Também concebeu e elaborou o anteprojeto de uma barragem e de um canal para conduzir água do ponto de captação, até o perímetro de irrigação.

    A Projetec está elaborando o projeto executivo e apoiando a implantação das obras do canal de adução, cuja conclusão é prevista para 2010, com vazão de 12,5 m3/s e aproximadamente 35,5 km de extensão. O projeto apresenta importantes desafios de engenharia, tendo em vista as condições topográficas e geotécnicas.

  •  

    El Diluvio-Palmar

    Expandindo a sua área de atuação para fora das fronteiras brasileiras, a Projetec participou de um importante projeto de irrigação em uma área de 20.000 ha, na planície de Maracaibo, Venezuela. O Sistema de Irrigação El Diluvio-Palmar é formado por uma represa que abastece uma linha adutora interligada a um canal principal que transporta água a uma vazão de 11,4 m³/s e uma rede de distribuição de água a baixa pressão, que abastece cada um dos 240 lotes do projeto.

    O trabalho realizado envolveu a elaboração do projeto básico dos novos condutos primários e dos condutos secundários e terciários, além da execução dos levantamentos topográficos e geotécnicos do traçado das redes. Posteriormente, foi executado também o projeto executivo das redes e das obras, bem como o projeto de medição e controle das vazões, desde a represa até os lotes.

  •  

    Remigio Rojas

    O Projeto de irrigação Remigio Rojas consiste de 3.200 hectares situados na província de Chiriqui, na República do Panamá, em uma região tradicionalmente produtora de arroz.Com o projeto, o governo panamenho pretende fomentar a exploração de produtos de maior valor agregado, como frutas, inclusive para exportação.

    A atuação da Projetec consiste na capacitação e organização dos usuários para auto-gestão do Projeto, incluindo a operação e manutenção da infraestrutura de irrigação e a gestão da produção agropecuária, constando do planejamento, da assessoria técnica agronômica e de pós-colheita, co ênfase na comercialização.

    A atuação da Projetec consiste na capacitação e organização dos usuários para auto-gestão do Projeto, incluindo a operação e manutenção da infraestrutura de irrigação e a gestão da produção agropecuária, constando ainda do seu escopo o planejamento e a assessoria técnica agronômica e de pós-colheita, com ênfase na comercialização.

    O projeto previu a construção de uma barragem no rio Chico, localizado no distrito de Alanje, no Panamá. A barragem viabilizará o suprimento de água para o cultivo de arroz, que ocupa de 70 a 80% da área, localizada a cerca de 12 km da rodovia Interamericana, próxima à fronteira com a Costa Rica. Com a construção dos canais de adução e distribuição de água, pretende-se também introduzir novos cultivos, voltados para a exportação e que garantam a sustentabilidade da região.

    O trabalho compreende três fases distintas. A primeira fase consiste na concepção e implantação do programa de capacitação, além da transferência de tecnologia para o funcionamento do sistema de irrigação. Em seguida, será feito o acompanhamento e a assessoria durante a operação inicial, que engloba as atividades ligadas ao processo produtivo e a operação do sistema. Por fim, será implantada a estratégia de comercialização que permitirá o desenvolvimento e a gestão dos mercados e a implementação de inovações na comercialização, além da instituição de um fundo de crédito.

  •  

    Novo Modelo de Irrigação

    O estudo entitulado Novo Modelo de Irrigação realizou uma série de análises com o objetivo de estabelecer as diretrizes necessárias para a implantação das mudanças desejadas no modelo de irrigação do Nordeste brasileiro. Fez abordagens múltiplas acerca da prática agrícola no Brasil e no Nordeste, tendo como objetivo apresentar uma descrição do setor agrícola e suas estatísticas e levantar discussões sobre a participação da irrigação na agricultura, além da intervenção pública e privada nos processos de irrigação.

    Assim, foi concebida a proposta do novo modelo conceitual, abrangendo alternativas de viabilização técnica, econômica, financeira, ambiental, legal e de gestão. Por fim, a Projetec também aplicou as diretrizes do novo modelo no projeto Salitre, localizado no pólo Petrolina-Juazeiro.

  •  

    Terra Nova

    O empreendimento Terra Nova teve como compromisso básico eliminar a pobreza crônica da população das regiões da bacia do rio São Francisco e do semi-árido nordestino. Para isso, foi adotada uma estratégia integrada de desenvolvimento sustentável. Desenvolvido em três etapas e elaboração do projeto teve início em 1997 e durou até 2006.

    Dentro da primeira etapa foi realizado o diagnóstico físico, ambiental e sócio-econômico da região. Os dados recolhidos foram organizados em cartas temáticas que permitiram o zoneamento e a classificação da área pelo seu potencial de desenvolvimento.

    A segunda etapa compreendeu os estudos que caracterizaram as potencialidades e buscaram minimizar os conflitos, identificados através de alternativas de aproveitamento múltiplo. No total, foram estudadas três alternativas de construção de um canal partindo do reservatório de Sobradinho e de diferentes locais do rio São Francisco.

    Por fim, dentro da fase final, foram avaliadas as interfaces com os projetos Canal Sertão Pernambucano e o Trecho IV da Transposição do Rio São Francisco. Nessa fase foram realizadas também a reavaliação do estudo de demandas e as avaliações operacionais, tendo como fechamento a análise dos impactos ambientais e a avaliação econômica, financeira e social.

  •  

    PPP do Salitre

    Situado na cidade de Juazeiro, na Bahia, o projeto Salitre compreende um perímetro público de irrigação com um total de cerca de 30 mil hectares. Na ocasião de realização do estudo, somente a primeira etapa estava implantada equivalente a 5.000ha.

    O estudo realizado teve como objetivo a viabilização de uma alternativa que permitisse dar continuidade ao projeto por um sistema de concessão através de parceria público-privada. Desse modo, foi elaborada uma proposta para implantação, operação e manutenção da infraestrutura, assim como um modelo de exploração agrícola que justifique os investimentos e obedeça a todas as exigências ambientais.

  •  

    Principais clientes

    • » Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e do Parnaíba – CODEVASF
    • » Companhia Hidroelétrica do São Francisco – CHESF
    • » Secretarias de Agricultura Estaduais de Roraima, Ceará, Paraíba, Pernambuco e Sergipe
    • » Odebrecht
    • » Queiroz Galvão